Sunday, May 17, 2009

Mi madre


Nunca ousei desenhar minha mãe (até agora). Tinha medo de não conseguir retratá-la como gostaria e das pessoas dizendo: _ Nossa! Não parece nem um pouco com ela...Ainda bem que superei tudo isso e hoje me sinto à vontade para desenhá-la da maneira que quero, como eu a via e como ainda a vejo em meus sonhos. Minha mãe não está mais aqui há 24 anos, e numa dessas coincidências do universo acabei descobrindo que minha mãe, Dona Geni (que detestava o seu nome por causa da música– ah! se ela soubesse o quão grandiosa era a Geni do Chico!), morreu no mesmo dia que Frida Kahlo (13 de julho)...então resolvi retratá-la como uma menina-mineira-cortadora-de-cana-mexicana-frida! Minha mãe tinha uma perna mais curta que a outra (pouca coisa, mas eu sabia). Teve um chimpanzé de estimação quando morava em um sítio nos recônditos de Minas Gerais e era brava como ela só. Mas ela tinha esse olhar de criança, pedindo carinho, profundo e indecifrável! Minha mãe era forte e não sabia!

8 comments:

Anonymous said...

minha querida, eu estou emocionada. sim. pela sua liberdade, sua soltura, seu voo...de desenhar sua mãe...de captar os olhos dela. ah, os olhos (pausa)...e o que você disse:"pouca coisa, mas eu sabia"...foi estrondoso aqui no peito...parabéns, minha querida...pela sua vida profissional, mas sobretudo pela sua vida pessoal que serve de insumo para tuas obras tão cheias de substância. um abraço da amiga do tempo da tua mãe...com meu carinho e ainda tocada, mô amorim

www.estripitizese.blogspot.com

Deise Lima said...

O desenho é lindo!
O objetivo é emocionante!
Muito delicado, carinhoso, especial! Parabéns querida!!!

said...

adoro tua arte!!!
parabéns!!!

ANA said...

Estoy enamorada de tus diseños... El retrato de tu madre es fantástico... Tu estilo es tan personal e inconfundible que despierta la sorpresa y el desconcierto siempre... Pura magia!
Lindísimo de verdad cariño.
Un beso enorme!

Antes Fashion Do Que Nunca said...

Ilustrações luxooooo!!
Parabéns

Abrçs

Crissie

arte por metro said...

Olá,
Parabéns pelo seu trabalho e principalmente pela "coragem" neste desenho.Há tempos vejo seu trabalho postado aqui e também como ilustradora, te digo que gosto muito do seu traço.
Tudo de bom.
Flávia Taiar

Anonymous said...

Quanto estudo, quantas leituras!
Quanto talento!!!
Beijos, querida!
fiquei encantada com essa mistura da Frida!!!Você sabe que Frida sempre me toca...
E tudo o que você escreveu sobre sua mãe,LINDO!!!!!
bjs, Roberta

BLOG DA BIA said...

É tudo verdade!
Também lembro de minha amada madrinha neste dia!
Convivi muito pouco, eu ainda era beeem criança quando ela se foi... Mas nem meus pais e nem minha curiosidade afastaram suas histórias de mim!
Um abraço apertado, prima!
Venha conhecer o filho da afilhada! ;)